• Brasil
  • Brasil

Benefícios da CASTRAÇÃO

  • Benefícios da Castração

Benefícios da Castração

Doar CASTRADO? Porquê? Mesmo sem ter adotado nenhm cão, qual a vantagem de castrar?

Em São Paulo, todos os cães e gatos doados devem ser castrados de acordo com a LEI Nº 14.483, DE 16 DE JULHO DE 2007.

Tem muito dono de cachorro por aí que se arrepia inteiro só de ouvir a palavra castração.

Para muita gente tal cirurgia ainda é sinônimo de crueldade, mutilação e é visto também como algo desnecessário. Tais questões, no entanto, devem ser

debatidas sempre que possível e os mitos em torno da castração dos cães devem ser extintos do imaginário das pessoas, pelo bem dos animais e da sociedade.

Para se ter uma ideia, uma única cadela pode gerar, durante uma vida reprodutiva de até seis anos, cerca de cem filhotes.

Se toda esta centena de cãezinhos sobreviver, onde é que eles irão parar caso a cadela tenha dono?

Sim, filhotes são facilmente doados, pois ninguém resiste àquelas carinhas fofas.

No entanto, muita gente por aí não fica com nenhum remorso em abandonar um cão na rua caso ele comece a roer os móveis ou

fazer suas necessidades básicas pela casa. E se a cadela já viver na rua, a situação tende

a ser bem pior, aumentando ainda mais população de cães abandonados.

A cirurgia de castração do cachorro, quando feita por um profissional capacitado, não deixa sequelas, não traz riscos

para o cão e ainda evita, além do nascimento descontrolado de animais, diversos outros problemas e doenças ao longo da vida,

tanto nas fêmeas quanto nos cães machos. Isso sem contar que um cachorro castrado tende a viver mais e melhor.

No caso dos machos a castração consiste na retirada dos testículos, e no que se refere às fêmeas,

a castração ocorre com a retirada do útero e dos ovários através de uma incisão na barriga.

A anestesia dada, que pode ser injetável ou por meio de inalação, é geral e em apenas uma semana os cães estão totalmente

recuperados e prontos para tirar os pontos. Dependendo da resistência do cão,

alguns deles nem sequer ficam com cicatrizes aparentes.

Este procedimento cirúrgico evita que as fêmeas desenvolvam câncer nas mamas na fase adulta, evita os cios e todas

as suas consequências um tanto quanto desagradáveis, acasalamentos indesejáveis e infecção uterina.

Já nos machos a castração evita que os cães fiquem agarrando nas pernas de todos

que avistam, evita fugas, demarcação de território com xixi quando feita em filhotes, tumores testiculares, entre outros.

Um cão pode ser castrado a partir dos dois meses de idade no caso dos machos. Para as fêmeas, o mais indicado é que sejam

castradas antes do primeiro cio. Entre as vantagens citadas acima, vale

lembrar que os cães cruzam por instinto e uma cadela no cio pode atrair dezenas de machos, o que geralmente não acaba bem.





E o problema não se resume somente nos animais que já estão nas ruas.

O problema real é o aumento desta população, sendo este aumento determinado não somente pela reprodução destes animais, mas também

pelo acasalamento indesejado de animais que possuem dono. Estes proprietários, não tendo conhecimento nem condição de lidar

com as constantes proles (ninhadas) nascidas em sua casa, as deixam "ao Deus dará", acabando estes animais indo parar nas ruas.

Segundo a WSPA (Sociedade Mundial de Proteção Animal), uma única cadela, com uma vida reprodutiva de 6 anos, pode gerar 100 (cem) descendentes,

enquanto uma gata em apenas 2 anos pode deixar 200 (duzentos) descendentes. São números realmente assustadores, desconhecidos

da maioria das pessoas. Mas estes números provam que tentarmos reduzir a população com apreensão e eutanásia é,

no mínimo, falho, além de ser um crime. Além do método ser falho, a apreensão pode determinar a

disseminação de várias doenças. Imaginemos a situação em que o seu animal de estimação foge para

um passeio na rua, sendo apreendido juntamente com outros animais, alguns dos quais, de rua. Algum destes animai

s errantes pode estar doente, e contaminar o seu. Quando você vai ao depósito retirar o seu animal, você pode estar levando para dentro

da sua casa, para a sua rua, para o seu bairro, doenças que, por não serem usuais da região, encontrarão

terreno adequado para se alastrar, contaminando toda uma população que antes não estava doente.

A solução para estes problemas todos seria a castração.

A CASTRAÇÃO É UMA OPERAÇÃO RELATIVAMENTE SEGURA, QUANDO FEITA POR UM BOM MÉDICO VETERINÁRIO.

OS ANIMAIS, GERALMENTE, SE RECUPERAM DA CASTRAÇÃO EM APROXIMADAMENTE UMA SEMANA, COM DESCONFORTO MÍNIMO.

.VANTAGENS: - EVITAR NINHADAS NÃO DESEJADAS Ah!, você diria: "Eu jamais colocaria uma ninhada de minha cadela / gata na rua".

. Está certo, mas o que fazer com os filhotes se ninguém os quiser? E os futuros donos, tratarão tão bem seus "netinhos" como você?

Não esqueça que as vezes um filhote só é atraente enquanto é filhote, ou enquanto não destroi o sofá da casa nem faz xixi no tapete novo, ou

enquanto não fica doente. E os machos que tem dono que fogem de casa e acabam cruzando com uma fêmea de rua? Além de aumentar

a população de rua teríamos o perigo também da transmissão de doenças venéreas.Uma doença venérea

muito comum nos cães é um tipo de tumor, que é maligno (câncer)

- ANIMAIS CASTRADOS SÃO MAIS SAUDÁVEIS .Tanto machos comos fêmeas têm menos chances de desenvolver problemas

de tumores e infecções nos órgãos reprodutivos. Os machos, depois de castrados,

têm menos chances de desenvolver problemas de próstata e tumores de testiculares.

= A castração reduz o risco da cadela ter tumor de mama. Se a cadela foi castrada antes do primeiro cio, (aproximadamente seis meses), o risco dela

desenvolver tumores mamários é muito reduzido. O Tumor Mamário é, normalmente, um tipo de câncer muito comum em cadelas idosas

que não foram castradas. Além disso, cirurgia na fêmeas imaturas é menos propensa a complicações. A remoção completa dos ovários elimina

a possibilidade de cânceres ovarianos ou uterinos, que são ocorrências comuns em fêmeas não castradas.

= Com relação às fêmeas, pode ser que elas não sejam boas mães, implicando em risco para a ninhada e em trabalho extra para você. Ou ainda, ela

pode precisar de auxilio de emergência durante o parto [por exemplo, uma cesariana] colocando em risco sua vida, e aumentando sua despesa.



- PASSEIOS CONTROLADOS = Um macho que sente por perto uma fêmea cio pode demolir portas e saltar cercas e ficar vagand

o pelo o bairro a procura da cadela. Animais castrados fogem menos e com isso levam uma vida mais segura, sem os perigos da vida na rua,

para os quais seu animal acostumado em casa, não está preparado, inclusive com o risco de ser pego pela carrocinha.

.Diminui também as brigas com cães vadios reduzindo assim, o risco de danos, infecções, atropelamentos e livrando você de altas contas no veterinário.

. Além do perigo do passeio pelas ruas, existe o risco de seu animal macho cruzar com

alguma fêmea de rua, o que, sem contar com o aumento população de rua teríamos o perigo também

da transmissão de doenças venéreas. Uma doença venérea muito comum nos cães é um tipo de tumor, que é maligno (câncer).

- MUDANÇA DE COMPORTAMENTO - Animais castrados são mais contentes e comportados. . A castração precoce reduz o aborrecimento e

constrangimento do machinhos ficarem "montando" nas pernas das pessoas ou na mobília. A castração não

transformará seu cachorro em um "frouxo ", e ele nunca saberá o que está perdendo, mesmo que já tenha cruzado alguma vez.

O animal não sabe bem o que é prazer, não acorda um belo dia querendo cruzar.

Ele tem vontade sim, mas por um simples mecanismo hormonal; logo se tirarmos seus testículos,

este estímulo hormonal desaparece, e ele não sente mais vontade de cruzar.

É diferente do caso do ser humano, que se fosse castrado, sentiria a vontade

mas não conseguiria; no caso do animal, esta vontade não existe após a castração. Algumas pessoas acham que o animal

ficará preguiçoso e gordo. Mas nem sempre isto ocorre. Se a castração for realizada precocemente não levará o animal à obesidade.

Quando feita depois do animal adulto realmente ele ficará com uma tendência a engordar, o que pode ser controlado com uma rotina de brincadeiras

e exercícios, além de não podermos deixá-lo comer demais. . Alguns proprietários acham que por ser um cão de guarda

este animal não deve ser castrado. Mas a castração não afeta os instintos naturais de um cachorro para proteger sua casa e família.

- MELHOR CONVIVÊNCIA EM CASA - A castração resulta em uma fêmea mais limpa em casa. Todos os proprietários de fêmeas sabem como

é incômodo o sangramento que ocorre no cio (aproximadamente dez dias, duas vezes ao ano). Removendo os ovários de sua

cachorrinha este problema é eliminado. Castração precoce também ajudará

ao treinamento p/ urinar no local certo, diminuindo a incidência de

urina "nos cantinhos" que o macho faz por razões territoriais. - RAZÕES PARA NÃO CASTRAR???? Avalie...só existem razões para castrar!


- ANIMAIS DE RAÇA, ANIMAIS COM PEDIGREE - Um Pedigree não é uma indicação de qualidade, nem mesmo a presença de campeões

no seu pedigree. Alguns animais são excelentes representantes de sua raça, mas não geram filhotes de boa qualidade. Além disto determinadas raças

possuem características indesejáveis que passam para seus descendentes, não sendo aconselhável seu cruzamento. Pesquise os problemas de saúde

comuns em sua raça e sugira uma avaliação de seu veterinário com relação aos defeitos genéticos que seu animal possa vir a passar para seus filhotes.

- GOSTARIA DE UM FILHOTE IGUAL AO MEU - Mas meu cachorro (ou gato) é tão especial, eu quero um cachorrinho (ou gatinho) como ele.

Seu cachorro ou gato pode ser um animal muito especial. Mas isso não garante a você que seus filhotes vão ser iguais a ele. Até porque

temos que levar em consideração também as características do outro parceiro; não sabemos se a ninhada sairá parecida com o pai ou com a mãe.

- QUERIA QUE MINHAS CRIANÇAS VISSEM O MILAGRE DO NASCIMENTO - Até mesmo se suas crianças estiverem dispostas a verem seu animal parir

- que é improvável que isso aconteça, uma vez que normalmente o parto ocorre à noite e a cadela se isola - a lição que você realmente estará

ensinando é que animais podem ser gerados e descartados como uma roupa. Além disso, lembre-se que o parto é uma situação delicada

para a cadela. Ela precisa de tranquilidade; algumas fêmeas, inclusive, ficam agressivas, não permitindo que muitas pessoas se aproximem.

E se a sua cadela que está parindo começar a ter complicações e correr risco de vida?

Isto não seria nada interessante para as crianças. Ao invés disso, você deveria explicar às suas crianças que o real milagre da vida

é sabermos prevenir nascimentos não desejados, de forma que não tenhamos que arcar com conseqüências depois.

CASTRANDO OS CÃES DOADOS - Todos os cães são castrados para evitar que sejam adotados

por pessoas mal intencionadas que querem usá-los somente para reprodução, imaginando obter lucros com

a venda dos filhotes. Em sua maioria os cães doados foram recuperados de abandono e/ou

maus tratos e tudo o que necessitam é de uma casa e novos tutores que os amem. Quem adota cães castrados sem restrição,

está disposto a ser feliz e dar felicidade ao novo membro da família, sem pensar em obter qualquer lucro com isso.

Fonte: Neísa Teixeira Lourenço - Médica Veterinaria ==== Samantha Fontoura == adaptados pela DARescue



© 2018 Dogue Alemão Rescue - Todos os Direitos Reservados
Site By Network4All