• Brasil
  • Brasil

Padrão da raça Dogue Alemão

  • Padrão da raça Dogue Alemão

Padrão da raça Dogue Alemão

O padrão da raça é um conjunto de características do animal, aprovado por entidades oficiais (kennel clube, clube das raças, FCI...)

e reconhecidas pela comunidade cinófila. As entidades elegem como representantes do padrão aqueles animais que seguem fielmente as

características definidas para cada raça, avaliando os cães em concursos e exposições. Assim surgem os campeões nacionais e

mundiais, que se tornarão referência para os criadores de todo o mundo. O objetivo de se criar um padrão para cada raça é

manter a uniformidade das caractarísticas físicas e comportamentais dos animais, e poder distingüi-los dos mestiços.

Entre as diversas características que distinguem um animal como sendo "dentro" ou "fora" do padrão, estão: formato de cabeça, focinho,

orelhas e cauda, cor e tipo de pelagem, estatura, pêso, porte, cor dos olhos, comportamento, etc..A maioria das raças de cachorros foi criada

pelo homem para servir a um propósito. Então os cachorros foram divididos em grupos. No Brasil, o CBKC divide os cães em 11 grupos.

São eles:

Grupo 1 (pastores e boiadeiros),

Grupo 2 (pinschers, schnauzers e molossóides),

Grupo 3 (terriers),

Grupo 4 (dachshunds),

Grupo 5 (spitz e cães primitivos),

Grupo 6 (farejadores e raças assemelhadas),

Grupo 7 (apontadores),

Grupo 8 (retrievers, levantadores e cães d’água),

Grupo 9 (cães de companhia e toys),

Grupo 10 (galgos) e

Grupo 11 (raças com registro provisório).

Pela classificação da CBKC, o Dogue Alemão pertence ao Grupo 2 (pinschers, schnauzers e molossóides).

Já o AKC, conhecido como American Kennel Club, divide as raças de cães em 7 grupos. Essa divisão americana faz mais

sentido do que a brasileira, pois os cães desses 7 grupos realmente se assemelham mais entre si.

Grupo dos Esportistas

Grupo dos Hounds

Grupo dos Trabalhadores

Grupo dos Pastores

Grupo dos Terriers

Grupo dos Toys

Grupo dos Não-esportistas

Pela classificação da AKC American Kennel Club, o Dogue Alemão pertence ao Grupo dos Trabalhadores.

Hoje existem mais de 300 raças de cachorros, que desempenham diferentes funções como guarda, caça, pastoreio, companhia, etc.

Apelidado de “Apolo dos Cachorros¨, o Dogue Alemão é provavelmente o produto de duas outras raças magníficas,

o Mastiff Inglês e o wolfhound irlandês. Seus antepassados eram usados como cães de guerra e cães de caça,

assim, sua habilidade como caçador de animais grandes e ser destemido parecia apenas natural.

Por volta do século 14, estes cães foram provando-se ótimos caçadores na Alemanha,

combinando velocidade, resistência, força e coragem. O cão nobre tornou-se

popular com a aristocracia rural, não só devido à sua capacidade de caça, mas também por causa de sua aparência de força embora graciosa.

Ela é uma raça alemã e em 1880 as autoridades alemãs declararam que o cão só deve ser referido como o Deutsche Dogge,

o nome pelo qual ela ainda continua na Alemanha. No final dos anos 1800, O Dogue Alemão tinha vindo para as Américas.

E rapidamente chamou a atenção, como faz até hoje. A raça atingiu uma grande popularidade apesar

das dificuldades que existe em criar um cão gigante.

Qualquer alteração no padrão desta raça só pode ser feita pela Alemanha, seu país de origem, por ser a detentora do mesmo.



Conheça o padrão atualizado e traduzido pela CBKC clicando aqui.



Conheça maiores detalhes sobre o padrão, lendo o manual fornecido pela CBKC para os juízes da raça, clicando aqui.



Dogue Alemão pode ser um bom cão para você. Adote!!


,

© 2018 Dogue Alemão Rescue - Todos os Direitos Reservados
Site By Network4All