• Brasil
  • Brasil

Quem Somos

Quem somos?

Do Orkut em 2004 até o Facebook agora:

Em 2004 criei no antigo Orkut, uma comunidade voltada à raça Dogue Alemão, a Dogue Alemão - Eu Tenho Um ॐ๑.

Em inúmeros tópicos, falávamos sobre pedigree, vacinas, alimentação, tudo que seria mais indicado para que um

Dogue Alemão tivesse uma vida mais sadia e tranquila.

Apesar de não ser a intenção da comunidade, sempre apareciam pessoas interessadas em doar e outras tantas em adotar.

Não é uma tarefa fácil encontrar novos tutores para cães gigantes como os Dogues Alemães.

As pessoas pensam sempre nos gastos, na idade, no espaço, no menor tempo de vida que possuem.

Por vezes a intenção de adotar é boa, mas diante das despesas mensais, muitos desistem.

Com frequência era avisada de cães abandonados em estradas, ou encontrados em situações de maus tratos

com seus tutores ou abandonados nos CCzs desse imenso país.

Outras vezes também encontrava boas pessoas, tutores que sofrem por ter que doar seus dogues, devido a problemas familiares

ou financeiros para os quais não encontram saída imediata e doar naquele momento é a melhor solução para o cão.

Me procuravam e ainda procuram para que possamos encontrar outros tutores, que ainda possam dar

tanto amor e condições ao dogue que agora precisam doar.



Sabemos que essa decisão não é fácil, e nem temos a intenção de julgar, afinal cada família tem seus problemas e

suas maneiras únicas de enfrenta-los, mas queremos apenas recolocar esses gigantes gentis em novos lares para que possam viver felizes.

Já perdi a conta desde 2004 de quantos dogues foram adotados com a nossa ajuda. Digo nossa porque apesar de começar só,

com o tempo fui agregando amigos como moderadores no Orkut.

Apesar de todas as doações passarem por mim, de ler todos os questionários, sozinha não conseguiria fazer tudo o que fiz.

Essas pessoas maravilhosas, dispuseram muito do seu tempo, suas vidas e até seu dinheiro para ajudar a recuperar os dogues que pudemos ajudar.

Com a criação do Facebook, recriamos a mesma comunidade como um grupo secreto e outros voltados

somente para informar sobre a raça e continuamos com as mesma diretrizes.

Logo percebemos que seria mais produtivo e coerente criar um grupo específico para tratar de doações

e adoções e assim criei a Dogue Alemão Rescue, ou simplesmente Dogue Rescue.

Muitas pessoas já passaram pelas comunidades como administradoras ou moderadoras.

Por motivos vários, muitos foram deixando de ser ativos,mas alguns continuam desde o antigo Orkut,não apenas

sendo moderadores/administradores da Comunidade, mas se tornaram amigos queridos e a eles serei eternamente grata, sempre.

Com o tempo, integrei outros administradores e moderadores a Comunidade que fazem o que lhes é possível para ajudar e sei que formamos uma boa equipe.




Somos um GRUPO VOLUNTÁRIO, que por amor ajuda Dogues Alemães vítimas de abandono, maus tratos ou nascidos

de cruzamentos indevidos, feitos por irresponsáveis que visam o lucro em vez da saúde dos animais.

Essa ganância , essa avidez pelo dinheiro, faz com que efetuem cruzamentos reconhecidamente problemáticos na raça Dogue Alemão

pelos problemas genéticos que acarretam e abandonam depois os filhotes cegos, surdos à sua própria sorte, quando não os matam....

NÃO somos ONG, NÃO recebemos nenhuma verba de governo algum.

Os mínimos recursos que possuímos são provenientes de nosso trabalho e economias e da venda de camisetas, algumas rifas

e de doações de pessoas de boa vontade. Muitos Dogues não conseguimos ajudar por falta de dinheiro, de locomoção, de

lar temporário, enfim, às vezes por mais difícil que seja, não podemos ajudar.

Realizamos vaquinhas na comunidade pedindo contribuições quando temos algum Dogue sob os nossos cuidados e quando não

conseguimos obter o valor da castração, deixamos claro que ela será cobrada do novo tutor.

NÃO recolhemos animais pois sequer possuímos abrigo próprio, muitos dos animais resgatados são colocados em casas de amigos ou

por vezes ficam abrigados nos canis dos criadores que nos ajudam, desde que não ofereçam perigo aos seus cães.

Nem sempre isso é possível por estarem muito debilitados e por vezes nem temos tempo de verificar a situação de saúde

antes do resgate e precisam ficar internados e o custo sempre é alto.

Muitos já são idosos, deficientes ou simplesmente "menos adotáveis". Mas o que mais acontece, são pessoas que nos procuram

para que retiremos animais que estão abandonados na rua, ou no CCZ, porém para onde vamos encaminhar esses animais?

É ainda mais doloroso quando a procura é pra retirarmos o dogue de sua própria casa, pois ele não vai caber na

mudança ou porque simplesmente não o querem mais.

Não temos superpoderes, somos cidadãos comuns, com nossos problemas, famílias, contas a pagar, dívidas e

infelizmente não podemos salvar todos, somos limitados e precisamos de ajuda também.

Estamos em plena campanha para arrecadar fundos para adquirir uma van, um terreno e nele construir canis para termos

maior mobilidade nos nossos resgates e a loja neste site será a base para isso,

ou ao menos para fazermos algum caixa para resgates.

É com muito tristeza que percebemos que a nossa compaixão pelos Dogues Alemães na maioria das vezes é explorada

e que as pessoas acreditam que temos a obrigação de resolver tudo, pelo simples fato de termos nos proposto

a tentar ajudar e minimizar o sofrimento dos Dogues abandonados, sem se darem conta que cobram das pessoas erradas.

O abandono é real e um problema social também. Se cada pessoa fizer um pouco, colaborando, adquirindo nossos produtos,

doando, poderíamos criar condições melhores para fazer um pouco mais.

Precisamos de bons resultados nas adoções e em todo o processo. Colabore!

Como diria Raul Seixas: ¨Sonho que se sonha só é só um sonho que se sonha só , mas sonho que se sonha junto é realidade...¨

Então nos ajude. Procuramos fazer a nossa parte, faça a sua...pois se cada um fizer um pouquinho, com certeza teremos

muito mais resultados que possam ajudar os Dogues Alemães. Espero que tenha entendido o quanto sua participação é importante. Obrigada!

Cris


Nosso trabalho foi reconhecido pela seriedade com que agimos e fomos citados em uma mátéria feita pela jornalista Carolina Giovanelli,

para a Revista Veja. A matéria é sobre protetores especializados que resgatam e doam cães de raça. Para ler, clique no link.

Matéria da REVISTA VEJA


Conheça nossa Comunidade no FACEBOOK

Curta nossa Página DOGUE RESCUE BRASIL no Facebook

© 2018 Dogue Alemão Rescue - Todos os Direitos Reservados
Site By Network4All