• Brasil
  • Brasil

Vermifugando o seu Dogue Alemão

  • Vermifugando seu Dogue Alemão

Vermifugando seu Dogue Alemão

De suma importância, a vermifugação é indispensável para cães e gatos, sejam adultos, filhotes, gestantes ou não.

Os animais comumente têm muito contato com chão, terra, mato e asfalto, ficando com seus

focinhos e, consequentemente suas bocas, muito próximos do chão.

Além do que, se auto-higienizam através da lambedura e de terem a possibilidade de ingerir alimentos do chão ou beber

água não tratada, há uma grande chance dos animais entrarem em contato com ovos de vermes, ingerindo-os.

Isto é ainda mais evidente em filhotes, pois são mais curiosos.

Os parasitas então crescem no interior do organismo do animal, acarretando várias conseqüências à sua saúde.

Os sintomas nos filhotes são dependendo do grau da infecção, podem,

nos primeiros dias, não apresentar sintomas, mas logo será possível perceber a barriga estufada

(abdômen distendido), diminuição do crescimento e as fezes amolecidas ou diarréicas.







Outros sinais que podem indicar a verminose também são bastante comuns, como a falta de apetite,

emagrecimento, fraqueza, vômito, queda dos pêlos, fezes com sangue, anemia, tosse e sintomas de pneumonia.

Recomenda-se, portanto, realizar periodicamente a vermifugação dos animais de companhia.

Os filhotes podem ser tratados durante a lactação e após o desmame.

Deve-se vermifugar a cadela ao mesmo tempo que a ninhada.

As cadelas prenhes também devem ser tratadas, levando em consideração que elas

podem transmitir verminoses aos filhotes através da placenta e da amamentação.


IMPORTANTE: Adotar a vermifugação como uma medida preventiva, ou seja, tratar os filhotes,

antes mesmo de eles apresentarem sintomas da infecção,

é a medida mais eficaz para evitar esses riscos.

O ideal é minimizar a infecção pré e pós-natal, vermifugando a fêmea

(antes da cobertura e junto com a primeira dose dos filhotes) e os

filhotes logo após o nascimento (com 15 dias de idade).

No caso dos filhotes, para garantir a desinfecção efetiva deve-se repetir

a vermifugação, fazendo um programa de tratamento.

A frequência de vermifugação pode variar, dependendo do caso

(grau de infestação, utilização só como prevenção ou tratamento.

Cuide bem do seu dogue alemão! Ele faz parte da sua família.

Dr Alberto Velucci







© 2018 Dogue Alemão Rescue - Todos os Direitos Reservados
Site By Network4All